7 dicas para você ter um final de ano com mais saúde


O fim de ano chegou, e com ele chegam as festas e comemorações regadas a muita comida e bebida. Muitas pessoas aproveitam o clima de celebração e acabam exagerando ou deixando de se preocupar com a saúde, o que pode trazer desconforto e mal estar logo no início do novo ano. Por isso, veja sete dicas para você ter um final de ano com mais saúde e um início de 2022 com bem-estar e qualidade.


1. Hidrate-se! — Manter-se hidratado no verão é essencial. O calor excessivo da estação faz com que a transpiração aumente para manter nossa temperatura corporal estável. Assim, beber água repõe os líquidos perdidos e mantém nosso corpo funcionando. Com a alta ingestão de bebidas alcóolicas durante as festas de fim de ano, manter-se hidratado também é fundamental. O etanol (álcool presente nas bebidas) necessita de muita água para ser metabolizado e eliminado pelo organismo. Os sintomas da ressaca, por exemplo, são decorrentes da desidratação do corpo. Por isso, beba bastante líquido (de preferência, água) durante e após as festas.


2. Exagerou na gordura? Coma frutas cítricas — Após os exageros de final de ano, seu organismo pode estar sofrendo as consequências das altas taxas de gordura contidas nos pratos das festas, que acabam atrapalhando a digestão. Azia, queimação no estômago, má digestão, intestino preso e diarreia são sintomas comuns após as ceias de Natal e Ano Novo.

Frutas cítricas, como o limão, laranja, kiwi, abacaxi e acerola podem ajudar você. O ácido presente nos alimentos ajuda a melhorar a digestão e absorção de nutrientes, acelerando o metabolismo e diminuindo a sensação de mal estar.


3. Cuidado com comidas fora da geladeira — Normalmente, ceias de Natal e Ano Novo se estendem madrugada afora, com familiares e amigos celebrando, trocando presentes, assistindo a queima de fogos de artifício e aproveitando a festa.

Porém, alimentos passando horas em cima da mesa em temperatura ambiente, comida sendo reaproveitada no dia seguinte e até o calor dessa época do ano são fatores propícios para o desenvolvimento de diversas bactérias, que podem causar intoxicação alimentar, gastroenterite e diarreia.

O ideal é refrigerar os alimentos após todos terem terminado de comer. As sobras também devem ser colocadas na geladeira, e se forem consumidas depois de quatro ou cinco dias, o ideal é congelá-las.


4. Cuidado com o sal — Comidas de final de ano geralmente são ricas em sal e condimentos que contém sódio, o que eleva a pressão sanguínea e pode causar mal estar e até mesmo infartos e AVCs em pessoas com hipertensão (a famosa pressão alta). Não exagere e evite uma ida ao hospital logo no primeiro dia do ano.


5. Tem diabetes? Fique de olho no seu prato (e copo) — Presentes nas ceias de fim de ano, diversas comidas e bebidas podem aumentar o índice glicêmico do organismo, ou seja, a quantidade de açúcar no sangue. Pessoas diabéticas devem controlar a quantidade e o tipo de comida ingerida, para evitar uma piora na sua condição.

Escolha pratos assados, grelhados ou cozidos; abuse das frutas naturais (e evite as em calda); inclua cereais integrais na sua ceia; evite excessos com carboidratos; beba com moderação; mantenha-se hidratado; e não esqueça de tomar sua medicação.


6. Se beber, não dirija! — Por mais que seja uma ideia já bastante propagada, é essencial voltarmos sempre a reforçar. Durante os feriados de final de ano, grande parte das mortes em acidentes de trânsito são causadas por motoristas embriagados. Seja responsável. Beba com moderação e se beber, não dirija!


7. Não esqueça de descansar — Relaxe! Concentre-se em curtir a família, os amigos, as conversas e os momentos de qualidade junto a quem você ama. Pare um pouco de pensar no trabalho e não deixe as festas se tornarem mais uma preocupação.

Mantenha a mente tranquila, elimine o estresse e comece bem o ano de 2022. Aproveite o final de ano, mas não esqueça que sua saúde não tem preço. (Fonte: sidesc.com.br)