A BANDEIRA

ARTIGO - RUBENS RODRIGUES DA SILVA


Para encerrar o mês de novembro, entre tantas datas comemorativas — entre elas o meu aniversário — escolhi escrever sobre o Dia da Bandeira, comemorado no dia 19 de novembro. A Bandeira é o maior símbolo da Pátria, mas infelizmente têm baderneiros que não a respeitam. A bandeira da República Federativa do Brasil é a antiga bandeira imperial com algumas modificações, e esta havia se originado da bandeira colônia portuguesa.

Bandeiras do Brasil República e Brasil Império


A bandeira do Império era composta por um paralelograma verde, apresentando um losango de ouro no centro. No centro desse losango havia um escudo, em campo verde, contendo a esfera armilar de ouro, atravessada pela cruz da Ordem de Cristo. Ao redor, contavam-se 19 estrelas de prata sobre uma orla azul. Acima do escudo, a coroa imperial. Abraçando o escudo, dois ramos — um de fumo e outro de café. A República substituiu o escudo pela esfera, mantendo as cores azul e branca. A cruz da Ordem de Cristo foi substituída pelo Cruzeiro do Sul. Cortando a esfera, uma faixa branca. Sobre ela, a legenda Ordem e Progresso. Suprimiram-se os ramos de fumo e café. Na esfera, estão as estrelas que, com a constelação do Cruzeiro, representam os Estados e o Distrito Federal.

A Bandeira é o símbolo da Pátria. Por isso, merece o nosso amor e o nosso respeito. O Hino à Bandeira Nacional foi escrito por Olavo Bilac; a música é de Francisco Braga. A nossa bandeira é uma das mais lindas do mundo. A legenda Ordem e Progresso expressa nossa filosofia, da aplicação e de perseverança que se consegue progredir. Aprendi muito sobre a Bandeira quando fiz o Tiro de Guerra (TG). Quem não se lembra dos belos desfiles de 7 de Setembro co aquela enorme bandeira na frente. Era de arrepiar. Saudades...