Cia. teatral Nhonhô Braga encanta Timburi com a peça "O Galo de Belém"

A Cia. de Teatro Nhonhô Braga esteve na última quarta-feira, 8, no Centro de Convenções de Timburi, e encantou os presentes com a peça "O Galo de Belém". É a terceira vez que a cia. teatral se apresenta naquela cidade.


Timburi valoriza e investe na Cultura; espetáculo "O Galo de Belém", da Cia. Teatral Nhonhô Braga, encantou os presentes



O espetáculo conta a história do nascimento de Jesus de um jeito divertido e emocionante, a partir do ponto de vista dos animais que, guiados pela Estrela de Belém, vivem uma linda aventura e testemunham o nascimento do Salvador do mundo, comemorado no dia 25 de dezembro. Um Auto de Natal infanto-juvenil que prende a atenção do início ao fim e insere o público no delicioso clima natalino. O vice-prefeito Anderson Solé parabenizou os idealizadores e reforçou a importância de se investir na cultura.

“Nosso município valoriza a cultura, porque sabe da relevância da arte na formação do ser humano. Quero, em nome do prefeito Silvinho, agradecer todo o elenco da Cia. Teatral da Escola Estadual Nhonho Braga, de Piraju, à nossa equipe da Secretaria Municipal de Cultura e às pessoas que vieram prestigiar o evento”, declarou Solé.

As secretárias de cultura e turismo, Rafaela Naldi e Ana Maria da Silva, o assessor Diego Rossi, o chefe de gabinete Marcos Ambiel e o vereador Beto Giamarco estiveram acompanhando a apresentação e eloriaram os idealizadores. “A arte é transformadora, nos dá uma compreensão mais ampla de mundo, um entendimento mais profundo de quem somos, além de nos tornar mais sensíveis. A arte é o olhar além do olhar. Humaniza. E quando recebemos um espetáculo como esse, um evento cultural, oferecemos à população a oportunidade não apenas do entretenimento, mas também da reflexão e da descoberta de um novo mundo, onde a arte nos ensina e acolhe. Um alimento que se experimenta e quer mais. O Galo de Belém, um auto de natal divertido e emocionante, que transborda em simpatia, surpreende em sua potencialidade coletiva e musical, apresentando o nascimento de Jesus através de uma outra ótica. E toda mensagem de amor deve ser enaltecida, principalmente quando falamos do maior deles”, comentou o assessor cultural Diego Rossi.