Cristiano Amorim, referência na imprensa regional

Atualizado: 6 de dez. de 2021

Do rádio para o mundo digital, jovem comunicador tem hoje mais de

90 mil seguidores nas redes sociais

O jornalista Cristiano Amorim, 44 anos, nasceu em Piraju e cresceu em Timburi. É filho do casal Viana Amorim e Maria Amélia Cunha e casado com Valdirene Souza, com quem tem a filha Sofia Gabriela. Chegou em Piraju em 2005, após formar-se em Comunicação Social (Jornalismo) pela Unimar, de Marília.

Cristiano conta que teve uma infância normal para os nascidos na década de 80 — sem celular: gostava de ler, participar de peças de teatro, dublagens na época de escola, jogava bola, bets, bolinha de gude, andava de bicicleta e soltava pipa. "Adorava desenhar, inclusive queria ser projetista, mas também brincava de locutor de rádio", conta.

O pai da Sofia Gabriela, em pouco tempo, tornou-se um dos jornalistas mais influentes do Sudoeste Paulista, com atuação forte no rádio e, agora, nas redes sociais, onde está perto de chegar aos 100 mil seguidores — número expressivo para quem entrou no mercado em 2005.

Na faculdade ele já se destacava pela desenvoltura, principalmente com um microfone nas mãos. Em 2002, durante o curso de jornalismo, apresentou programas de auditório na “Semana da Arte Moderna”, tendo se classificado para narrar o documentário dos “100 anos de Portinari”, trabalho que seria apresentado posteriormente em Cuba.

Com vontade de aprender cada vez mais, na faculdade Amorim foi repórter do jornal impresso UNI-MÍDIA; estagiário e responsável pelo laboratório de rádio (produziu vários programas com alunos do ensino médio); e ainda atuou na produção de programas da TV Marília, como no Telejornal Universitário e produtora de programas televisivos para as filiais da Band e SBT.

Concluiu o curso de jornalismo em 2005 e já recebeu o convite para atuar como editor-chefe do jornal Rotativa no Ar, ao lado de Nelson Paula Meira, na Rádio Piratininga de Piraju, uma das pioneiras no estado de São Paulo. Ficou dois anos e meio na emissora. Em 2008 foi comandar o jornalismo da Eduvale FM e lá implantou toda a estrutura dos noticiários, o que lhe rendeu muito conhecimento e elogios nas regiões de Piraju, Avaré, Ourinhos e Itapeva. Requisitado por empreendedores dos meios de comunicação, Amorim elaborou diversos projetos de programas jornalísticos para emissoras de rádio, assessoria de imprensa e convites para ministrar palestras sobre jornalismo.

Em 2009, recebeu convite para planejar e organizar o sistema de comunicação da Prefeitura Municipal de Sarutaiá. Alguns meses depois, Amorim participou de seminário de gestão pública e recebeu o convite para produzir uma reportagem sobre os municípios do consórcio Amvapa, na revista da Confederação Nacional dos Municípios em Brasília.


Em 2010, o filho do Seu Viana e da Dona Maria Amélia foi convidado para dar aulas no curso de Publicidade e Propaganda, da Faculdade Eduvale de Avaré. Como docente, recebeu a homenagem de ‘Professor Destak’ pelos alunos do curso, na disciplina de Produção de Rádio.

De volta aos microfones da Piratininga em 2011, o jornalista reformulou o tradicional "Rotativa no Ar" e, segundo pesquisas de opinião pública, o jornalístico liderava os índices de audiência em Piraju e região, com um jornalismo forte sempre com a participação da comunidade local e regional.

Em 2013 assumiu a assessoria de imprensa da Câmara de Piraju, onde, com muita competência, até os dias de hoje, produz todo o conteúdo para o site da Casa de Leis, plataformas digitais, matérias institucionais para a imprensa de Piraju e região e boletins para as emissoras de rádio.

Em 2015 Amorim voltou aos microfones da Eduvale FM, com participações ao vivo no Jornal Regional, produzindo informações da região de Avaré e Ourinhos. Competência e dedicação lhe abriram portas para atuar em apresentações de eventos públicos e privados.

Com o avanço das plataformas digitais, em 2015 o jornalista ingressou no curso de pós-graduação em Gestão de Comunicação no SENAC de Bauru para aprimorar o trabalho e buscar conhecimento sobre novas tendências da tecnologia na área da comunicação. O curso foi importante para a criação da página Minuto do Amorim no Facebook, que hoje tem o maior número de seguidores nas regiões de Avaré e Ourinhos. Programas, reportagens e todo o conteúdo produzido pelo jornalista são acompanhados por produtores e pauteiros de emissores de TVs e rádio da região. Amorim já atuou em matérias produzidas para a TV Record (Domingo Espetacular, Jornal da Record e Cidade Alerta), TV Bandeirantes (Programa do Datena e Jornal da Band), vídeos produzidos para CNN, Globo News, SBT, afiliadas da Globo como a TV TEM, Record de Bauru e SBT Centro Oeste Paulista, conteúdos para Folha de São Paulo, Jornal Estadão e G1 (Portal de Notícias).

Na linguagem do meio digital, Cristiano Amorim criou uma “persona”, ou seja, uma marca de credibilidade. Quando atuava no rádio, o Jornal Observador lhe conferiu o título de “Homem do Meio Dia”, que hoje também pode ser “Homem do Digital”, o comunicador que evolui, que vai além do tradicional. Em 2018, ele levou o “Minuto do Amorim”, às 18h20, para a Rádio Paranapanema e o programa caiu no gosto da população. Em 2020 teve de deixar o programa para dedicar-se a outros projetos.

“Me lembro do tempo da faculdade, quando nem pensávamos em jornalismo online, um professor me disse que minha voz seria propagada para os confins do mundo. Realmente posso dizer que se foi profecia ela se cumpriu, pois hoje tenho seguidores em alguns países que acompanham meu trabalho nas redes sociais. São brasileiros que vivem nos Estados Unidos, Inglaterra, Itália, Portugal e de outros lugares. Tenho sempre produzido matérias com pautas de repercussão nacional. Isso é muito gratificante, porém aumenta a responsabilidade em produzir conteúdos, informação séria e com credibilidade. Agradeço muito os amigos da imprensa aqui de Piraju, porque convivendo com eles aprendo muito. Sempre menciono que aqui há excelentes profissionais que amam o que fazem e, apesar das dificuldades, sempre estão se superando. Todos estes casos me servem de inspiração. Na vida temos que ter pessoas que nos dêem oportunidades. Quando isso é possível cabe a cada um buscar o seu espaço e trabalhar para fazer a diferença. O maior concorrente de toda a profissão é o comodismo, não podemos ficar na zona de conforto, é necessário se reinventar, traçar metas e ter iniciativa”, afirma Amorim, que agradeceu a produção do Jornal Observador pela entrevista. “Vocês foram muito importantes para minha trajetória na comunicação em Piraju”, concluiu.