Festas de final de ano fazem contágio de Covid se alastrar

Piraju chegou a registrar 131 casos positivos em apenas 24 horas


Boletim pandêmico divulgado pela Saúde Municipal no início da noite de sexta-feira, 7, aponta 399 pessoas infectadas, sendo três internações


O aumento assustador dos casos de Covid-19 registrados desde as festas de final de ano, certamente, está relacionado com o surgimento da nova cepa do vírus — a Ômicron, que apesar de atacar o organismo dos infectados de forma mais leve, é considerada bem mais transmissível do que as outras variantes. Desde que foi descoberta na África do Sul, a Ômicron está se alastrando com muita rapidez pelo mundo todo.

O cenário volta a preocupar, já que além do Coronavírus as autoridades da saúde também tem registrado grande número de pessoas diagnosticadas com Flurona, uma junção da Covid com a gripe Influenza. Em Botucatu uma médica foi diagnostica com triplo contágio — Covid, gripe e resfriado. Ela já tomou as três doses da vacina.

Na maioria dos casos, em que as pessoas já tomaram duas ou três doses da vacina, não está havendo necessidade de internação, ou seja, a imunização certamente reduziu os riscos. Porém, o que mais preocupa é que 95% das pessoas que estão sendo internadas não completaram o esquema vacinal, ou até mesmo não tomaram nenhuma dose do imunizante.

Na maioria das cidades da região, os números estão crescendo e as autoridades já começam a tomar medidas para barrar o contágio. Em Timburi, por exemplo, a programação de carnaval já foi cancelada. Fartura reabre a partir desta segunda-feira, 10, o seu polo covid-19, para ampliar atendimento à população. Em Piraju o carnaval já havia sido cancelado antes do novo avanço da doença.


PUBLICIDADE INSTITUCIONAL - PREFEITURA DE PIRAJU