Plantar uma árvore pode ajudar a aumentar sua renda?

ARTIGO DE LUIZ FERNANDO TAVARES

EDIÇÃO DE 05/12/2021

Por que podemos afirmar que plantar árvores em nossa cidade pode melhorar a saúde do nosso bolso?

Existem vários estudos demonstrando que cidades arborizadas melhoram a qualidade do ar e diminuem os efeitos das altas temperaturas. Também, o conforto térmico percebido pela população proporciona sensação de bem-estar, o que melhora a qualidade de vida das pessoas. As árvores também contribuem para a saúde física e mental, contribuindo para a diminuição da pressão arterial e do estresse urbano.

Pesquisadores americanos, canadenses e australianos quantificaram na medida em que as áreas verdes urbanas contribuem para melhorar a saúde. Os resultados publicados na revista “Scentific Reports” do grupo Nature (09 de julho de 2015), mostraram que as áreas urbanas verdes não somente fazem com que as pessoas que moram em sua vizinhança tenham uma melhor percepção da saúde, mas também reduzem o número de patologias de origem cardiovascular e metabólica, como a hipertensão e a obesidade.

Estudos realizados na cidade de Toronto (Canadá) mostraram, por exemplo, que ter em média mais de 10 árvores em um quarteirão melhora a percepção da saúde de forma comparável a um aumento na renda pessoal anual de 10 mil dólares. Embora o estudo não identifique os mecanismos pelos quais as árvores produzem estes benefícios, os autores acreditam que a melhoria da qualidade do ar nas zonas mais arborizadas e a capacidade potencial de reduzir o estresse e de promover a atividade física poderiam ser fatores que contribuem para melhoria da saúde.

O estudo é mais um forte argumento da importância de arborizarmos nossa cidade, apontando, também, a necessidade de uma adequada política pública na gestão dessas áreas verdes. Os espaços arborizados produzirão efeitos positivos desde que as árvores recebam manutenção regular como as podas que levem em consideração a segurança, a saúde das plantas e a questão estética, como por exemplo, evitando podas drásticas, aquelas que deixam apenas o tronco principal da planta.

Por outro lado, a concepção de arborização urbana deve estar ligada com a perspectiva de complementação do ambiente natural do entorno da cidade, ou seja, as espécies plantadas e mantidas devem estar em harmonia com o ecossistema em que o meio urbano está inserido. Num país de grandes dimensões como o Brasil, com diversos biomas, o plantio não deve levar em consideração o fato da árvore ser brasileira, pois uma árvore típica da floresta amazônica plantada em Piraju, localizada em meio à mata atlântica, terá efeitos tão negativos como se fossem de outras regiões do mundo.

Plantar uma árvore é uma exigência, segundo nossas leis municipais, para retirar o habite-se, uma certidão emitida pela própria prefeitura que atesta que o imóvel está pronto para ser habitado, tendo sido respeitada a legislação vigente. Porém, muitos, depois de receber este documento, erradicam a árvore e não plantam outra no local. Existem, inclusive, muitos pedidos no Departamento de Meio Ambiente para erradicar árvores com a justificativa que a árvore produz muita sujeira, acredite.

Precisamos urgentemente mudar nosso pensamento em relação a esta questão. Sendo assim, se você não tem uma árvore plantada em frente sua residência, plante uma. Qualquer dúvida contate o Departamento de meio Ambiente para sanar dúvidas em relação a espécie apropriada, local do plantio, entre outras. E, caso sua família tenha crianças, peça a ajuda delas e deixe-as sujar bem as mãos.